Em reunião da Fecomércio-BA, o Presidente da Academia Baiana de Letras, Joaci Góes, discorre sobre educação e o momento político brasileiro

A convite do presidente da Fecomércio-BA, Carlos de Souza Andrade, o empresário e acadêmico baiano, Joaci Góes, palestrou para os diretores da Federação, em sua reunião ordinária nesta quarta-feira, 27/03, na Casa do Comércio. Recém- empossado como presidente da Academia Baiana de Letras, Joaci falou sobre a importância da educação como agente transformador da sociedade, abordando, ainda, temas polêmicos como o sistema de cotas no Brasil.

“Não existe forma de distribuição de renda, sem antes educar a população. O investimento em educação é o primeiro passo para a igualdade”, enfatizou Góes, ao levantar a bandeira de que a educação é o caminho mais curto para a prosperidade social, mesmo trazendo retornos somente a médio e longo prazos. Para ele, a educação é como uma moeda, numa das faces o conhecimento, uma das maiores fontes de poder da humanidade, e do outro lado estão os valores.

O acadêmico também teve a oportunidade de conhecer mais sobre o trabalho que o Sistema S, em especial o Sesc e o Senac, vem realizando em prol da educação na Bahia, na capacitação para o mercado de trabalho, via Senac, e na educação infantil e fundamental, por meio do Sesc.

Sobre o momento político brasileiro, Joaci Góes defendeu a aprovação da Reforma Previdenciária: “não se trata de uma reforma para agradar o governo atual e sim algo necessário para os nossos filhos, netos e bisnetos. Se a Reforma não for aprovada, há o risco de o Congresso fechar as suas portas”, alertou com a experiência de quem transitou décadas no meio político.

Ao final, o empresário recordou a época em que foi responsável pelo loteamento da Avenida Tancredo Neves há mais de três décadas. “Naquele tempo ninguém acreditava que esta seria a área empresarial do futuro na capital baiana. O então presidente da Fecomércio-BA, Deraldo Mota, foi o primeiro a apostar nesta região, ao adquirir um dos lotes para erguer a Casa do Comércio”, lembrou. O presidente Carlos de Souza Andrade presenteou o convidado com publicações produzidas pela Fecomércio-BA: o livro sobre a história da Rua Chile e o premiado livro sobre os 70 anos de história da Federação.